Decoração

Decoração
Decoração

Vídeos

Vídeos
Vídeos

Receitas

Receitas
Receitas

Baboseira Fashion

O que a gente sabe, hoje, é que a moda evoluiu, que a cada dia as pessoas usam mais coisas que gostam e não tinham coragem de usar antes, que as regras "de elegância" de poucos anos atrás não parecem fazer mais sentido. Usar verde com amarelo, meia-calça escura no verão, despentear o cabelo ao invés de alisar, tudo isso parece, ainda bem, normal.

Eu não costumo ter paciência com pessoas dizendo que a moda é fútil, porque provavelmente elas ouviram essa frase de alguém, que ouviu de outro alguém, mas, se você perreguntar o porquê, algumas não vão saber o que dizer e outras vão falar que "mesmo com a fome na África todos estão se preocupando com bobagens". Pra essas pessoas tudo o que não é a fome na África é bobagem. Apesar disso, tenho que admitir que as discussões sobre o que é ou não é apropriado pra fulano ou beltrano vestir costumam parecer ridículas.

O que me parece é que a moda, agora, existe pra abrir possibilidades, pra dar referências pras pessoas poderem vestir o que lhes apetece sem tantos preconceitos. É assim que eu entendo o fato da Prada fazer um desfile cheio de barrigas de fora, enquanto um monte de gente chama as brasileiras ou mexicanas de vulgares porque exibem seus umbigos, como se as referências culturais latinas, sejam as indígenas ou africanas, não fizessem sentido. Como se tudo devesse ser ignorado em nome da "elegância" européia. Aliás, dizer "essa mulher é vulgar" por causa da roupa que usa é tão cretino quanto dizer que "este povo é selvagem" porque não segue a fé católica.

Não faz o menor sentido associar a exibição de tal ou qual parte do corpo à promiscuidade. Assim como não faz mais sentido esperar que alguém diga o que é ou não apropriado vestir nessa ou naquela circunstância. Todo mundo sabe disso.

Todo mundo?

Abri o iG Moda hoje e quase achei que a página não era atualizada desde 1935:

A chamada do iG aponta pra uma matéria do Chic dizendo que sim, Michele Obama, apesar de ter 45 anos, tem a genética a seu favor e malha todo dia, por isso pode mostrar seus braços.

Quão curioso é isso?
Numa época em que se veste blusa listrada com calça xadrêz, discute-se se aos 30 a mulher pode mostrar o joelho e se aos 40 pode usar cabelo solto. Talvez devêssemos ponderar se é de bom tom a mulher chamar o marido pelo nome, ao invés de senhor.

13 comentários

  1. Eu acredito que esse questionamento antiquado seja pelo fato de ela ser 'só' a primeira dama dos EUA. A questão aqui não é "uma mulher de 45 anos pode ou não mostrar os braços" a questão é: "Sra. Obama pode ser uma mulher 'comum'"?

    ResponderExcluir
  2. Mas voces nao estao lembradas que nos EUA ainda vetam a imprensa e no Brasil tambem?
    O que nao podemos esquecer é que devemos estar preparadas pra tudo pois nem liberdade temos!

    ResponderExcluir
  3. Adorei adorei o post, e tbm amei o comment da Lilly Zemuner.

    A única coisa que discordo é na parte em que você fala que "não faz o menor sentido associar a exibição de tal ou qual parte do corpo à promiscuidade". Eu acho que dependendo da parte do corpo, exibí-la é sinal, senão de promiscuidade, de falta de respeito com si mesma e com os outros.

    Digo isso porque a gente vive no país da Mulher Melancia, e eu fico ofendida quando vejo que o câmera da Gimenez parece querer conseguir um close da uretra das dançarinas de funk.

    Short minúsculo mostrando 99% da bunda pra mim é sinal de promiscuidade. Decote que termina a meio milimetro do mamilo pra mim é sinal de promiscuidade.

    Não acho que dê pra sair na rua com uma roupa que bem pertence à esquina e ainda se chamar de boa moça.

    Desculpa, pode até ser um pensamento machista e antiquado, mas acho que a principal pessoa à preservar nosso corpo somos nós mesmas.

    De resto, assino embaixo.

    PS: acho que hoje é o dia em que a galera se inspirou. Tbm tava na maior vibe (mas não relacionada à moda) de um post profundo, escrevi um lá no Pimenta.

    ResponderExcluir
  4. Não acredito, Tati!!!

    Pra mim, o tipo de roupa deve ser escolhido conforme a ocasião e Principalmente o tipo de corpo da pessoa.

    Mostrar os braços qualquer pessoa pode, até se tiver 100 anos. Ah! E não é porque a Michelle malha que os braços dela são lindos ou algo assim, conheci uma mulher com quase 60 anos e que era super malhada, braços durinhos e tudo, mas a pelezinha molenga estava ali de qualquer maneira...

    No caso da mulher que eu citei, seria "recomendado" que ela cobrisse os braços, não? E o da Obama, não? Se eu seguisse a linha de quem fez o questionamente no CHIC, eu diria que sim, afinal, os braços dela são musculosos demais.

    Até leio o CHIC, mas depois de ver a G. Kalil dizendo que guardar docinhos de festa de casamento na bolsa para levar para casa não era feio... Sinto muito, agora olho tudo com "olhos de fera". Tá louco. rs

    Fora do assunto, mas só comentando (meus dedos coçam! hehehe): Agora M. Obama feíssima, tem um cara estranha e os penteados são desastrosos... Ah sim, e acho os braços dela feiosos!
    Imagina se eu trabalhasse no CHIC, hein? hehehehe *escorre veneno e ironia nos comentários dessa pessoa*

    beijos
    =*

    ResponderExcluir
  5. achei sua análise sobre as barrigas de fora da Prada muito, muito perspicaz. mas acredito que a questão do 'braço de fora' seja diferente da questão 'umbigos de fora'. vejo a matéria da michelle mais como um elogio ou até como um incentivo pras mulheres com mais de 40, ou qualquer idade, enfim, mostrarem os braços meeesmo.
    agora, é verdade sim que "não faz mais sentido esperar que alguém diga o que é ou não apropriado vestir nessa ou naquela circunstância". não mesmo.
    e pra ser sincera, e realmente ridículo dizer que a moda é fútil e que deveriam se preocupar com a fome na África. mas faz sentido dizer que matérias como essas são indiferentes e que o mais legal mesmo seria falar sobre moda.

    ResponderExcluir
  6. Vergonha alheia pelo Ig, hein?

    Outra coisa, será que as pessoas que falam da fome da África contribuem de alguma forma para acabar com ela? Aposto que a maioria (senão todos), não.

    ResponderExcluir
  7. O IG só publica porcaria!

    ResponderExcluir
  8. ótima observação...parabéns pelo post!

    ResponderExcluir
  9. Vamos combinar né?!! porfa... por falta de assunto não pode ser né? até pq isso não é assunto...

    ResponderExcluir
  10. Muito pertinente a observação, Ricotinha... e aproveito pra falar que adoro seu blog, entro todo dia. Neste post vc se superou, tá cada vez melhor.
    Bjsss

    ResponderExcluir
  11. Os.. braços ??
    Hahahaha a gente merece !

    ResponderExcluir