Decoração

Decoração
Decoração

Vídeos

Vídeos
Vídeos

Receitas

Receitas
Receitas

Auto-auto-ajuda

Se tem uma coisa que eu adoro é ouvir os problemas das pessoas. Mas problema mesmo, sabe? Tipo essas situações em que você não sabe como agir, ou em que você tem que fazer uma escolha difícil ou dizer algo pra alguém e não sabe como fazer. Não tenho paciência pra reclamaçãozinha repetitiva, eu sou uma reclamona profissional e já me canso o bastante com meu próprio mimimi, não agüento o alheio.

O negócio é que minha conduta "auto-ajuda", acabou fazendo minhas amigas começarem a me chamar de Gasparetto (he). Eu prefiro encarar como brincadeira, porque, imaginem só, pode ser que não seja, pode ser que daqui a pouco elas estejam me chamando de Augusto Cury.

O legal é que, pelo menos eu acho, quando você ouve o que acontece com os outros, acaba se entendendo melhor também e, com o tempo, também entendendo melhor as pessoas. Quando você não tá envolvida em alguma situação, ou muito próxima dela, é tão fácil dizer o que deve ser feito, dar conselhos "infalíveis", mas, chega perto, escuta com um pouco mais de atenção, considera outros pontos e tenta vir com uma resposta fácil. Não tem como.

Ouvir grandes dilemas de quem é muito próximo a você é como pensar nos seus próprios, né? Você pode tentar imaginar o que provocou, as possíveis conseqüências dessa ou daquela decisão, mas não é capaz de dizer "aja assim", ou falar quem tá certo ou errado numa briga por exemplo. Isso é bom, com o tempo a gente vai se tornando menos dona da verdade e, aí sim, sabendo lidar melhor com os próprios problemas e ajudando melhor nos dos outros.

Bom saber que, a cada dia, a gente fica menos pretensiosa e mais propícia a entender as coisas, ao invés de procurar uma resposta clichezona pra tudo.

Imagem: Getty Images

8 comentários

  1. O lado chato de ser "Augusto Cury" das amigas é que algumas acabam te procurando só pra isso. E muitas vezes, a gente espera o mesmo das nossas amigas. E é estranho como algumas amigas tem uma facilidade imensa de de falar seus problemas, mas são incapazes de ouvir...

    ResponderExcluir
  2. saudosa Gaspareto... já explorei demais. Kkkkkkkkkk!
    Jajá tenho mais mimimi. Hahahaha! Mentxera.

    *miacabo com o coment de Sandy.

    ResponderExcluir
  3. Nossa!
    Eu também sou meio "Gasparetto" das meninas aqui...e assim como você também não ligo de ouvir problemas, afinal amizade é isso, mas que não me venham com bobagens, porque eu mando passear, viu??
    Beijo!


    www.thefrozenbeauty.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. hehehe
    eu tbm gosto de ouvir bastante e tento ajuda sempre como eu posso
    ;)

    mtu agradável seu blog
    *-*

    bjs

    ResponderExcluir
  5. Eu tb sou assim com minhas amigas, uma ótima ouvinte, mas na hora de falar... desiste!!
    Bjsssssssssss

    ResponderExcluir
  6. garanto que se fôssemos amigas, vc já não aguentaria mais me escutar... hahahahahha
    esse ano deu tanto pano pra manga que o Manoel Carlos poderia me chamar de Helena na próxima novela.

    ResponderExcluir