Decoração

Decoração
Decoração

Vídeos

Vídeos
Vídeos

Receitas

Receitas
Receitas

Old soul, new heart

É bem comum, mesmo hoje em dia, que as mães que fazem trabalhos manuais passem as lições do ofício, ou passatempo, às filhas. Uma vez tentei aprender crochê com a minha, mas com a disciplina invejável que me é peculiar, não passei da primeira aula.

Algumas moças não são como eu, vão além da primeira aula. Outras chegam até a virar sócias das mães, o esquema é mais ou menos assim na Old Soul, New Heart. Tamara e Shea são mãe e filha que resolveram criar acessórios vintage pra vender.

O resultado é uma loja mó bonitinha com um nome não menos gracioso, onde a própria Shea aparece como modelo das peças.

Tem tanta coisa legal por lá que, mesmo com o preço meio alto, tudo acaba servindo de inspiração. Você sai do site com a maior vontade de ser tele-transportada pra uma loja de aviamentos ou pro baú da vovó, ou até pra uma sessão da tarde com pipoca e chocolate na companhia da babãe, o que pode ser uma coisa pouco produtiva, ainda menos criativa, mas agradável como poucas outras.

4 comentários

  1. Jah conhecia, adoooro o trabalho delas! Muito inspirador =)
    Minha historia de trabalhos manuais eh com minha avo, quando era pirraia fui aprender ponto cruz com ela, mas ou eu era muito retardade, ou ela era muito impaciente hahaha Nao deu mto certo..
    Mas agora estou tentando novamente, dessa vez o basico de corte e costura =D
    Bjus

    ResponderExcluir
  2. Nossa adorei, muito lindo mesmo!!!

    Bjo Milla

    ResponderExcluir
  3. Ô!
    Concordo plenamente: babãe é sempre babãe. ;)

    Eu particularmente me arrependo mooointo de não ter me atrevido a pegar a tesoura e mexer nos tecidos de mainha...ficaram só as lembranças de quando era chiquita e ficava babando vendo ela costura.

    Parabéns pelo post!

    Beijos, Dani!

    ResponderExcluir
  4. Eu gosto tanto do jeito que você escreve, das coisas que escreve, me identifico tanto com você! *-*
    Dos quatrocentos milhões de blogs que eu sigo, você é a mais eu-posto-o-que-eu-gosto que eu já li :D
    E você escreve de um jeitinho tão... feliz!

    Beijo Dani :***

    ResponderExcluir