Decoração

Decoração
Decoração

Vídeos

Vídeos
Vídeos

Receitas

Receitas
Receitas

Auto-estima em casos de emergência


Sejamos honestas: quem tem a auto-estima cem por cento? Nem vamos considerar outros fatores além do estético, quem tá total satisfeita com a imagem que tem?

Tirando aquelas pessoas que dizem que se amam, se adoram, que aproveitam uma distração de si mesmas pra passar a mão na própria bunda, de tão irresistíveis que se acham, a grande maioria da pessoas tem umas insatisfações em relação à propría aparência. Na verdade, até as que dizem se achar o máximo tão mais pra inseguras, mas tão inseguras, que precisam se auto-afirmar o tempo todo, né?

No fim das contas, todo mundo - ou todo mundo normal - tem consciência dos "defeitos" que têm e, com o passar do tempo, aprende a lidar com isso. Pra nosso alegria, conforme as gente cresce, passa a se encarar com mais tranqüilidade, a buscar menos ideais estéticos e se ater mais ao que se é. Tipos, um dia você aprende que, fazendo dieta, você vai virar uma você magra e não aquela top model que tem um corpo bem diferente do seu e, mesmo assim, provavelmente devia pesar uns cinco quilos a mais do que pesa.

Bom, embora essa autoconfiança seja, ou deva ser, crescente ao longo do tempo, tem dias que não tem jeito. Tem dias em que se acorda mal, ou o mundo se une em complô pra te deixar se sentindo um lixo. Como nem sempre dá pra ir dormir e esperar acordar se achando mó gatinha no dia seguinte, muito menos fazer uma terapia miojo, que vai te deixar bem segura em poucos minutos, o jeito é apelar pra truques. Usando uns artifícios simples dá pra se olhar no espelho e, se não adorar o que vê, pelo menos se sentir um bocado de porcento melhor e conseguir sair de casa:

1 :: tenha um brinco grande. Não importa o estilo dele: perua, hippie, rocker, importa que ele tenha a ver com você. E não há uma mocinha que não pareça mais viva e mais segura quando usa um brincão;

2 :: tenha uma maquiagem que você saiba que fica bonitona quando usa. Mas é aquela certeira, a que te valoriza, não a que chama mais atenção. Tem gente que não fica tão bonita com um olho esfumado preto, iluminador nas têmporas, cílios postiços como fica com um corretivo, um rímel e um batom cor-de-boca. A vibe, nesse caso, não é o que mais aparece, é o que mais te valoriza.

3 :: se a insegurança do dia pesar mais em relação ao corpo, não saia com uma roupa que deixe demais o corpo à mostra, na tentativa de cortar o mal da baixa auto-estima pela raíz. No fim das contas isso só vai fazer você passar o dia desconfortável e achando que todos estão notando esse desconforto.

4 :: nessas horas é bom ter uma roupa salvadora, aquela pra quem você sempre apela na hora do desespero. Ainda melhor se for uma peça única, tipo um vestido ou um macacão.

5 :: use uma lingerie bonita, ainda que ninguém vá ver. Toda mocinha do mundo se sente melhor e mais segura usando uma calcinha e um sutiã bonitos e, se possível, novos. Num dia que já não tá lá essas coisas, você arrematar com calcinha bege ou furada ou desbotada ou tudo isso, é pedir pra terminar chorando no meio-fio.

6 :: faça um esforço pra não comer demais. Tá bom que é difícil não apelar pra comida em momentos meio deprê, mas pare pra pensar que, se você já não tá se sentindo muito confortável com a aparência nesse dia, vai se sentir ainda menos durante a digestão de um baita prato de feijoada. Além do que, fazer refeições mais leves sempre deixa qualquer pessoa mais bem disposta.

7 :: se der, tome um banho mais longo, use esfoliante, depois hidratante e, no fim, o perfume mais cheiroso que tiver (só não use demais). A gente se sente melhor depois que gasta um tempinho se dando certos cuidados.

8 :: não peça a opinião de outra pessoa sobre sua aparência nesse dia, porque se ela fizer uma crítica mínima, você já vai ficar malzona. Se ela perceber que você vai ficar malzona, não vai criticar, mesmo que queira. Ou seja, pedir opiniões nesse dia não vai ter utilidade alguma.

9 :: não fique olhando fotos de celebridades em todo o seu glamour e sua magreza. Quem vai se sentir melhor nessa circunstância?

10 :: tenha uma música de superação pra cantar enquanto se arruma. Um "I Will Survive" que seja, o importante é sair do refrão crente que pode enfrentar as adversidades lá fora e voltar bem no fim das contas. =)

Lórrico que essas "dicas" tão longe de ser profissionais e mais longe ainda de fazer uma pessoa insegura virar auto-confiante, mas que elas ajudam a melhorar a vibe de um dia ruim, ah ajudam sim.

PS: o post é cheio de imperativos, mas não são ordens, claro. É que eu achei que ornou mais com o clima "levante e enfrente". ;)

32 comentários

  1. Genial o post, Dani. Muito bom mesmo! :)

    ResponderExcluir
  2. adoreeeeeeeeeeei..vou tentar me lembrar de todas ela nas minhas crises..
    ehehhehehe
    =)

    ResponderExcluir
  3. Booooa, eu gosteida do brincão! Comigo faz muita diferença, porque o meu normal é usar os brinquinhos menores, pérolas, coisas do tipo!XD

    ResponderExcluir
  4. Adorei as dicas! Posso incluir só mais uma? A questão da postura. Quanto estamos naqueles dias de baixa autoestima, é natural tender a curvar os ombros e querer sumir. "Ajeitar" a coluna e olhar para a frente geralmente reforça a autoconfiança - inclusive acho que você já comentou isso por aqui, no post da "milionária escandinava no ônibus", hehehehe.

    ResponderExcluir
  5. Adoreiii o post,
    eu tenho uma musica de superação q coloco quando pra ver se da um up....
    outro lance q funciona comigo é assistir comédia romantica e rir mtooo...adorooo...kkkk
    bjãooo!!

    Márcia Diesel

    www.adonajoana@blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Adoreeeei..super nessa vibe de se cuidar e se sentir melhor por um dia de cada vez!!

    ResponderExcluir
  7. Gostei mto das dicas! O dia em q a TPM ataca, então...
    Vou colocá-las em prática!

    ResponderExcluir
  8. AMEI as dicas e vou mostrar pra uma amiga que está precisando de um UP na vida dela =)

    ResponderExcluir
  9. Dani, amei..e sabe que muitas delsa funcionam??não tenho uma auto estima muito elevada, entao vou exercitar muito!!
    Acho que o que vc escreveu tem muito a ver mesmo!
    Muito bom.
    Beijinhos
    http://paposodemulherzinha.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  10. kkk adorei essa frase! aproveitam uma distração de si mesmas pra passar a mão na própria bunda, muito boa!

    ResponderExcluir
  11. Gostei !
    ainda mais que hj é meu dia...o melhor...meu mau dia...mas ele já esta acabando e amanhã( tomara...)acordarei outra!
    Bjks da Déia
    www.voudedeia.blogspot.com

    ResponderExcluir
  12. Ótimas dicas! Sempre que eu acordo em um dia cinza, procuro me arrumar, de preferência colocar um salto legal. Se a gente está se sentindo mal, parecer mal só piora a situação, fato.

    ResponderExcluir
  13. Amei as dicas.. é quase isso mesmo que faço... tenho uma argola dourada... que me faz sentir BEYONCÉ RICA em minutos, mesmo tendo custado 15 reais na pink biju! kkkkkkkkkkkkk
    bjs
    www.burguesinhadesalariominimo.com.br

    ResponderExcluir
  14. Hahahaha, super me identifiquei com várias dicas que vc deu no post! E super vou adicionar as outras na minha rotina pq né, auto-estima nunca é demais! :)

    ResponderExcluir
  15. Genial Dani! Grande parte do que vc escreveu eu jah ponho em prática, realmente fazem toda a diferença. Quando estou meio down, eu fico horas no quarto experimentando combinações das minhas roupas favoritas, faço um make q me valoriza... tiro fotos de mim mesma... e logo volto a me reconhecer... PARABÉNS PELO POST! Bjs

    Visita meu blog:
    http://mayhigh-low.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  16. ADOREI!
    AH parece q vc adivinhou como estive esses dias!

    Obrigada e parabens pelos posts!

    ResponderExcluir
  17. Oi, Dani!
    Adorei seu post...
    Realmente, tem dias em que a gente precisa mesmo se mimar um pouquinho para "sobreviver" hehe
    Adoro o banho demorado com direito a esfoliante, óleo para o corpo e coisas do gênero...
    O perfume e a make também são fundamentais!
    E a música... não tem quem não fique bem ouvindo certas músicas.
    Gostei da ideia da 'I will survive', hehe
    Beijinhosssss

    ResponderExcluir
  18. Muito útil pro meu atual momento...

    ResponderExcluir
  19. Muito incrível esse post, não só pelas dicas mas pela franqueza sobre um assunto que a maioria das pessoas é muito insegura pra comentar hehehe.
    Acho que vou imprimir as dicas e colar no armário praqueles dias que a TPM tá braba... Em geal eu me viro ok com a auto-estima, mas quando você está com cólica, inchada, os jeans apertados, pele horrorosa, cabelo pro ar, tem poucas coisas que salvam.
    Uma coisa que penso sempre é que preciso dar uma treinada nos penteados, porque não me curto muito de rabo de cavalo e tem dias que fica tenso de aceitar que você vai ter que sair de casa com aquela juba disforme, ainda mais quando você já está se sentindo mal por outro motivo. Mas a dica do brincão pra mim foi uma das melhores, nada como dar uma acendida e valorizada no rosto.

    Seu blog é incrível, espero que continue assim por muito tempo!

    http://shadesofred.tanlup.com

    ResponderExcluir
  20. Tb-adoreeei-as-dicas-
    nós-mulheres-precisamos-delas-sempre
    muitoo-bom.

    ResponderExcluir
  21. ?????????? ._.
    a auto-estima de vocês é proporcional à aparência? que MERDA é essa? "magra = bom, gorda = ruim", essa é a matemática da vida de vocês?

    ResponderExcluir
  22. anônimo, sugiro que você releia o texto com um pouco mais de atenção, porque em momento algum ele fala sobre um tipo de corpo ser melhor que outro, pelo contrário, a idéia é mostrar que uma relação saudável com o corpo faz com com que você não supervalorize a magreza, como fica claro nesse trecho:
    "conforme as gente cresce, passa a se encarar com mais tranqüilidade, a buscar menos ideais estéticos e se ater mais ao que se é. Tipos, um dia você aprende que, fazendo dieta, você vai virar uma você magra e não aquela top model que tem um corpo bem diferente do seu e, mesmo assim, provavelmente devia pesar uns cinco quilos a mais do que pesa."

    além do que, como o texto diz muito claramente, a idéia é sugerir pequenas dicas pra que a pessoa sinta um pouco mais de conforto em estar na própria pele em dias de baixa auto-estima. Isso não tem a ver com tipo de corpo, tem a ver com sensações. Desde a mulher magérrima à mais corpulenta, todas acordam às vezes com algum tipo de insatisfação em relação à sua imagem. O normal é que isso passe no dia seguinte, mas a vida não vai te esperar se recuperar por 24 horas, então é preciso sair pro trabalhgo, pra aula, pra outros compromissos, mesmo estando desconfortável. Esse desconforto pode sim ser por quilos a mais que a pessoa acredita ter, por seios grandes ou pequenos, pernas grossas ou finas, por qualquer motivo.

    Minha sugestão é que num diz desses a pessoa use uma roupa que não lhe lembre o tempo todo desse incômodo e não faça refeições pesadas, que tiram o ânimo, têm digestão difícil, fazem com que você se sinta pesada pra andar, trabalhar.

    Enfim, em momento algum o texto diz o que você supõe que ele diga. Mais uma vez, sugiro que você releia com mais atenção, porque muitas vezes a gente só enxerga o que quer nas coisas e se você tem aversão a textos preconceituosos - com razão - talvez tenha criado um bloqueio tão grande a eles que esteja vendo preconceito mesmo onde se busca exatamente o contrário.

    ResponderExcluir
  23. Ótima resposta ao anônimo.
    Quase tão boa quanto o próprio texto!
    Dicas fantásticas :)

    ResponderExcluir
  24. Ótimo texto, claro e interessante.Infelizmente alguns costumam ler o começo da frase e acham que já entenderam.

    ResponderExcluir
  25. Olá,

    Muito bom o seu blog!

    Seu link foi cadastrado no portal Links de Sucesso.

    Para visualizar este cadastro e publicar novos links, visite nosso site.


    Atenciosamente,

    Equipe Links de Sucesso
    www.linksdesucesso.com

    ResponderExcluir
  26. Parabéns!ótimas dicas!

    ResponderExcluir
  27. Olá Adorei!
    Bem pra cima este post.
    Penso que tudo que nos tras bem estar é a receita certa para uma vida feliz.
    Abraços

    ResponderExcluir
  28. "Comé" que eu passei esse post batido?
    Adorei!! É tudo o que eu realmente gosto de fazer quando não estou nos meus melhores dias (ou na TPM!) banho, make de bonita, anelão, roupa confortável e a caixinha de som do pc no talo (quase sempre com hip hop ou kings of leon) hahhaahahahahahahhaah

    Adoro teus escritos!

    Beijão!

    ResponderExcluir
  29. Muito boas as dicas, pq tem dias que realmente a gente se sente a pior das mortais, e uma injeçãozinha de auto estima não faz mal pra ninguém!!Adorei!!
    http://normalzero.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  30. Seu post pode não ser profissional,mas é a mais pura verdade de nós,meras mortais q gostamos de nos sentir bem...já to t seguindo,se quiser,siga omeu tb...
    http://muilindabazar.blogspot.com


    mil bjs

    ResponderExcluir