Decoração

Decoração
Decoração

Vídeos

Vídeos
Vídeos

Receitas

Receitas
Receitas

A volta pra lá

Esse fim de semana foi de ver o avós e mais dos meus. Voltei ao Estreito, como fazia tempo que não acontecia. Dessa vez, além de ir com minha mãe, levei o namorado pra conhecer vô, vó e um punhado de paisagens interioranas, que podem até não combinar com a vida que a gente leva todo dia, mas são um alento pra de vez em quando.

É curioso saber que um pedaço tão grande da sua família mora numa vila que quase ninguém conhece. Pouca gente vai até lá. E, quando eu era criança, era um lugar de onde não queria sair. Todas as férias eu ia. Brincar com os primos, correr no mato, dormir no friozinho. Coisas que eu não tinha em Recife e que lá não faltavam.

Dessa vez não tem toda essa magia infantil (em compensação, tem água encanada), mas tem um pertencimento que não acaba. Posso passar anos sem ir e ainda vou me sentir em casa quando chegar lá.

A gente andou pelos sítios (é brega se apaixonar por alfaces só porque eles são os mais verdes do mundo?), comeu comida da minha infância, recebeu carinho e, mesmo em tão pouco tempo, lembrou como tudo pode ser simples e lindo.

8 comentários

  1. Achei tudo lindo. Adoro seu espaço,parabéns!

    ResponderExcluir
  2. Menina, saudades do Estreito!! Eu achava que mais ninguém (a não ser que fosse da minha família) conhecesse aquele cantinho!! KISSes :***

    ResponderExcluir
  3. Nossa que lugar bacana, eu nasci no interior de Pernambuco, e morro de saudades da minha terrinha.
    Lugar lindo !
    Cleu

    ResponderExcluir
  4. Eu sei exatamente como é, hoje moro em são luis e quando vou ver meus parentes no interior é assim, um lugar que pouca gente visita e um paraíso para mim, quando eu era criança passava o dia tomando banho de rio e comendo peixe.

    ResponderExcluir
  5. Que delícia! Apesar de mineira, eu sou apaixonada por Pernambuco, lugares pequenos então...

    ResponderExcluir
  6. Coisa linda seu post. Parabéns.

    ResponderExcluir
  7. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir