Decoração

Decoração
Decoração

Vídeos

Vídeos
Vídeos

Receitas

Receitas
Receitas

{cineminha} Tomates Verdes Fritos

Comentei por aqui uma vez, talvez mais de uma, sobre uma certa obsessão que tenho pelos anos 90. Não tem muita coisa em volta disso, é só o tempo em que fui criança e, como todo mundo, criei um certo mito em volta da época. Então, sempre que dá, vejo algum filme dessa época. Meus preferidos são os que passavam sempre na tevê e, por algum motivo, eu não tinha visto.

Se tinha um que tava sempre no ar, era Tomates Verdes Fritos. Esse nome me intrigava bastante e eu não sabia do que o filme tratava. Só me lembrava que tinha visto uma cena em que uma personagem falava à outra sobre tentar recuperar o casamento se apresentando ao marido vestida somente com um embrulho de papel celofane. Minha mãe adorava o filme, isso é outra coisa que lembro bem.

Nessas férias, tô aproveitando pra assistir tudo que tava na fila há tempos. O Tomates Verdes Fritos era um desses. Vi ontem e, agora sim, sei o que o filme é. Uma daquelas histórias tristes, comoventes, com moral e final feliz. É um água com açúcar muito bem feito, cheio de personagens cativantes - daqueles que deixam saudade no fim - e cenários bonitões. Tem vilão, mocinhos, bem vencendo o mal e outras coisas muito bem-vindas a uma tarde de sábado como essa. Por motivos óbvios (quem viu/verá sabe/saberá), me lembrou bastante o Diários de Uma Paixão, outro no mesmo gênero que eu adoro.

Sem contar que não tem como não torcer pela Evelyn, que pode ser caricata, mas tem um monte de fraquezas que são comuns a todo mundo. Fica difícil não se afeiçoar a ela e à Dona Ninny. E quem quiser ter um filme pra se apegar hoje ou qualquer dia desses, pode considerar esse. ;)

9 comentários

  1. Filme sobre o feminino e suas vicissitudes. Belissimo e emocionante.
    Bj e bom fim de semana

    ResponderExcluir
  2. Isadora Cotrim18/08/12 15:22

    Esse filme é realmente lindinho demais! E fraqueza é com z, lindona. Conserta pra não dar espaço pra mala da Shame.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. obrigada, Isadora. :)
      taí uma palavra que eu sempre erro. :*

      Excluir
  3. Eu tbm amo esse filme! Nem acreditei quando encontrei nas Americanas pra vender. É um filme reflexivo e nem de longe é enfadonho. Lindo!

    ResponderExcluir
  4. Este filme marcou a minha vida!

    ResponderExcluir
  5. Esse filme é muito lindo!

    ResponderExcluir
  6. Esse filme é maravilhoso. Eu assisti no tempo em que meu pai fazia coleção de filmes da revista Caras. Era um estante cheia, tudo em VHS. Deu até dó quando ele se desfez. =(

    ResponderExcluir
  7. SEMPRE quis assistir esse filme, e quando finalmente consegui pegar numa locadora da minha cidade, mau DVD não quis ler. Foi super frustante, mas ainda não dessisti!!! =D

    ResponderExcluir