Decoração

Decoração
Decoração

Vídeos

Vídeos
Vídeos

Receitas

Receitas
Receitas

O Conar não sabe o que deprecia a mulher

Afe. Hoje é sexta, tudo o que eu queria era manter o Ricota com um post alegre e gente boa pra dar o clima leve do fim de semana. Mas não se pode ignorar um chamado, principalmente quando ele é sobre nós, mulheres e a visão que o mundo tem da gente, certo?

Bom, a Duloren fez uma campanha de Dia dos Namorados em que uma mulher aparece com a lingerie da marca fazendo uma referência à masturbação. O texto diz: eu me amo.

Masturbação feminina, um assunto que não devia ser tabu em pleno 2014 sendo tratado numa propaganda totalmente voltada às mulheres e que, nas entrelinhas, diz: não há problema nenhum estar sozinha no Dia dos Namorados. Com auto-estima e auto-conhecimento do seu corpo, você tira de letra.


O Conar, que é um órgão de auto-regulamentação publicitária (basicamente um conselho de publicitários que cria certos limites pra publicidade no Brasil e, de certa forma "fiscaliza" isso), notificou a Duloren por ter criado uma campanha que "deprecia a mulher". Sério, mais uma vez, eu digo em que ano estamos: 2014. 

Um órgão que deixa passar diversos tipo de mensagens verdadeiramente anti-éticas e depreciativas à mulher acha que dizer a uma mulher que ele pode se masturbar é depreciativo. O Conar, pelo visto, defende que as mulheres devem ter medo do próprio corpo ou, no mínimo desconhecê-lo. Devem esquecer que seu corpo é sua propriedade e as sensações que vêm dele não são, e nunca deviam ter sido,  motivo de vergonha.

Se, na mesma campanha, a Duloren tivesse colocado um casal abraçado, o Conar também consideraria depreciativo à mulher? Evidentemente não. Porque o grande problema, o grande tabu não é a mulher ser um ser sexual, é a mulher ser sexualmente independente. 

A Duloren divulgou um comunicado oficial em resposta à notificação e, entre outras coisas, diz  “É no mínimo curioso o tabu em torno deste assunto em um momento de luta pela legitimação das relações homossexuais, por exemplo, e essa notificação soa como um retrocesso". 

Conar, o que deprecia a mulher são as dezenas de anúncios que a objetificam de todas as formas possíveis, inclusive criando contexto de submissão sexual até pra anunciar relógio ou desodorante. Então, da próxima vez que surgir um anúncio que coloca a mulher como uma pessoa dona da sua própria sexualidade, que diz a tantas mulheres que ainda se sentem reprimidas: é ok conhecer seu corpo, você tem o direito de se divertir com ele, aprenda a respeitar e aplaudir. 

17 comentários

  1. Ai meu deus, amo seu blog! Acompanho faz tempo e nunca comentei, mas é incrível conseguir seguir um blog hoje em dia em que a blogueira não cai em estereótipos machistas, racistas, homofóbicos e por aí vai. Venho aqui faz tempo e nunca rolou aquele momento "ok, vamos relevar o que ela falou porque o blogue em si é bacana". Adoro tudo aqui! Beijos e obrigada por deixar a blogosfera um ambiente cheio de roupas bacanas com conteúdo político.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu não tinha como concordar mais! <3 <3 <3

      Excluir
  2. Eu não acho q deprecie a mulher mais acho esse tipo de comercial muito vulgar, fez bem ter tirado do ar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também acho.
      Detesto propaganda que sexualiza tudo. Nojento.
      Parece que mulher só aparece em comercial sexualizada.
      Mas que a Conar não sabe o que deprecia a mulher.. ahh, isso é verdade! Não sabem regular bosta nenhuma.

      Excluir
  3. Roberta B.29/06/14 01:11

    Adoooorei a propaganda!

    ResponderExcluir
  4. Achei o seu comentário super válido!!!

    Como publicitária eu fico muito decepcionada com o Conar, parece que eles só se preocupam com o que não tem importância.

    ResponderExcluir
  5. Engraçado, não era a Conar que veiculava um comercial zombando das reclamações que recebia? Eles não falavam que as pessoas exageravam nas críticas às propagandas?

    Em meio a diversos comerciais machistas e problemáticos ela vai implicar justo com um que é benéfico para a sexualidade feminina. Não tem nada de depreciativo para a mulher nesse propaganda (muito pelo contrário). Eles é que devem ter medo de mulheres se sentindo felizes e satisfeitas sem ajuda de um "macho".

    Gosto muito quando você faz esses tipos de posts! Esse é um dos raros blogs de "muóda" que eu acompanho justamente por coisas assim" <3

    ResponderExcluir
  6. O que é depreciativo nesse anúncio é esse sapato horrendo, essa cadeira dourada cafona, essa meia branca por cima de tatuagens questionáveis, esse fundo degradê cor de alguém-me-tira-daqui e essa diagramação primária e sofrível. Enfim, TUDO é absolutamente LAMENTÁVEL, menos qualquer tabu idiota que eu, falando sério, nem percebo.

    ResponderExcluir
  7. Kkkkk... eu ia mesmo falar do sapato. Acho que foi por isso que a CONAR considerou depreciativo.

    ResponderExcluir
  8. Tô batendo palmas até agora sobre esse post

    ResponderExcluir
  9. The information you have to say this is very helpful at all, a lot of new things that I just know after reading your article. ( Suplemen Penambah Nafsu Makan untuk Anak dan Dewasa )
    thank you very much been willing to share this information with us. Obat Tradisional Polip Rahim

    ResponderExcluir