Decoração

Decoração
Decoração

Vídeos

Vídeos
Vídeos

Receitas

Receitas
Receitas

Dica de filme - Homens, Mulheres e Filhos


Essa semana, aconteceu uma coisa bizarra comigo: vi um filme com Adam Sandler e gostei. Acho que vocês têm isso também com alguns atores e atrizes, uma certa aversão à atuação deles, sabe? Eu tenho isso principalmente com alguns atores de humor, não gosto de Eddie Murphy, Adam Sandler e Owen Wilson (que tá em um monte de filme bom, de todo modo), caso vocês queiram saber.

Mas, como vinha dizendo antes de ser rudemente interrompida por mim mesma, vi esse filme, Homens, Mulheres e Filhos, de Jason Reitman (Juno e Obrigado por Fumar) baseado no livro de Chad Kultgen. Conta a história de famílias cujos filhos estudam na mesma escola, então existe uma conexão entre todos os núcleos. Todas as casas têm pessoas vivendo conflitos emocionais: o casal que não se dá mais tão bem; o homem abandonado; a mãe controladora e, principalmente, os adolescentes descobrindo como lidar com sentimentos e vida sexual.



O grande lance do filme é que ele encara como a internet interfere na nossa vida afetiva. Pros pais, que descobriram esse meio depois de adultos e não sabem como lidar - agindo com medo excessivo, encantamento ou irresponsabilidade - ou os filhos, que construíram a sexualidade inseridos na internet.

É um filme de casos extremos, sabe? As histórias são bem marcadas, quase estereotipadas, mas, mesmo assim, expostas com bastante sensibilidade. No fim do filme, até desejei que ele fosse uma série, porque, como são muitos personagens, acaba que alguns são meio negligenciados.

O Adam Sandler, se vocês ficaram curiosas, não tá fazendo comédia dessa vez e é um dos personagens principais, com umas das histórias que achei mais legais. Só as vivências da família dele, na verdade, já renderiam um filme bem interessante.

Acho que vocês vão gostar de ver. Alguém já viu?

3 comentários

  1. Anotada a dica! Adorei a resenha, o filme parece ser bem legal!
    Tem dica de filmes lá no blog também! Um beijo

    Dicas para todas

    ResponderExcluir
  2. Muito bom. Quero assistir!

    ResponderExcluir
  3. Oiiiiii.... vi sua dica e fui procurar pra assistir, na semana passada, não encontrei. Já tinha me esquecido, quando estava foleando a Revista Superinteressante, li uma matéria falando do filme. Voltei a “busca” e encontrei.
    Simplesmente, ADOREI!! Me prendeu do início ao fim. Fiquei aterrorizada com a história da Allison, a menina com anorexia apaixonada pelo cafajeste. Revoltante! E o pior, acontece.
    Obrigada pela dica. Beijinhos!

    ResponderExcluir