Decoração

Decoração
Decoração

Vídeos

Vídeos
Vídeos

Receitas

Receitas
Receitas

5 bobagens que você já ouviu sobre gatos


A primeira vez que tive um gato - uma gatinha na verdade, a Julieta - foi aos 14 anos de idade. Em todo esse tempo, eu vi caírem um por um todos os mitos que as pessoas tinham repetido exaustivamente. O que eu posso dizer é que tudo o que encontrei foi amor.

Se você tem gato, vai concordar com o que eu digo e, se você nunca adotou um, pode relaxar porque os mitos estão todos desmentidos aqui. 

1. Gatos são individualistas

Poxa. Será?


Não, pera. Deixa eu confirmar.

Uma foto publicada por Dani Vasconcelos (@ricotanaoderrete) em

Gente, em todo esse tempo, se tem algo que percebi é que gatos amam estar perto de outros gatos. Eles lambem uns aos outros, brincam, dormem juntos e, aqui em casa, dividem até o prato de comida. Num grupo grande, você vai notar que alguns se juntam mais com outros, e tem aqueles que são populares entre todos, mais ou menos como os humanos.

2. Gatos não são carinhosos



Com 10 gatos em casa, eu aprendi que cada animal tem sua personalidade, assim como cada pessoa. Alguns gatos são mais quietinhos e preferem ficar na deles, mas a maioria ama um dengo. Quase todo gato ama um cafuné, e alguns gostam tanto que aprendem até a fazer. :)

3 . Gatos dão muito trabalho


Brinquedo favorito do gato: uma bolinha de papel amassado. Cama favorita do gato: qualquer caixa de papelão pequena demais pra ele. Como que um bicho assim dá trabalho, minha gente? Além disso, os gatos são muito tranquilos, independentes e aprendem a fazer suas necessidades na caixa de areia ainda muito pequenos.

4. Gatos não são divertidos



Essa é a maior balela que existe no universo das balelas. Ao longo do meu dia, eu tenho incontáveis pequenos momentos de diversão que os gatos me proporcionam. Vem um e se joga nos meus pés pra ganhar carinho, saio no quintal e vejo outro fazendo um monte de caixotes de Playground, coloco um espelho no chão e vejo outro tentando fazer contato com o gato que aparece no reflexo. Enfim, muita gente pode achar que, por serem quietinhos, os gatos não trazem diversão.

5. Gatos não se apegam ao dono



Você chega perto e ele começa a ronronar. Aí, chega mais perto e ele começa a amassar pãozinho (em você, no ar, no chão). Só nessa linha, seu gato já deu duas demonstrações do tanto que gosta de estar ao seu lado. Aliás, gatos adoram estar perto dos donos, dormir perto deles, deitar onde encontram o cheiro deles. Por isso, às vezes, você forra uma roupa sua e encontra seu gato lá minutos depois. Tudo isso são demonstrações do quanto ele se sente bem e feliz na sua presença.


Adotar um bicho muda você, pode acreditar. Espero que esse post ajude a desmitificar essas ideias totalmente equivocadas sobre gatos. Pra quem já abriu seu coração pra eles há tanto tempo como eu, os bichanos já têm um lugar cativo, mas acho que todo mundo que respeita os animais e/ou convive com outros bichos tem meio caminho andado pra se apaixonar pelos gatinhos.

Podem esperar que, volta e meia, vai aparecer algum post com muitas fofuras felinas e dicas várias por aqui. Mais ronron,  por favor, não vejo a hora. ;)

Post em parceria com a Whiskas Brasil. :)

23 comentários

  1. Não gosto dessa ideia de que gatos são chatos, muita gente por aí não gosta de gatos. Mas sabe que os gatos sentem a energia interior de cada pessoa? O gato é um animal que precisa ser conquistado e muitas pessoas acham que eles são egoístas, quando, na verdade é ao contrário... Amo gatinhos <3 estou prestes à adotar um. Dani, indiquei você lá no meu blog <3 se quiser acompanhar vou deixar o link logo abaixo. Beijão.

    Be Model

    ResponderExcluir
  2. Gato é tudo de bom! Tenho só uma, porque estudo e trabalho. Mas me encanto com todos que encontro durante o dia a dia. Amo os felinos <3

    ResponderExcluir
  3. Ah amei as fotos! Amo todos os animais <3
    Beijo

    Dicas para Todas

    ResponderExcluir
  4. Sempre tive cachorro e tinha um pouco de medo de gato, até adotar uma gatinha numa feira. Carinhosa, companheira, engraçada, curiosa, sapeca, me espera na porta, dorme no meu pé, brinca de pega-pega, adora cafuné e tem uma personalidade sensacional. Adotem gatos, a sua vida vai ficar muito mais feliz e divertida.

    ResponderExcluir
  5. Eu sempre tive cachorros e ainda tenho,mas esse ano meu noivo e eu adotamos uma gata,e olha,ela é uma comédia! Brinca,é muito carinhosa,curiosa,e sim,dá um certo trabalho,mas não dá mais trabalho do que um cachorro. Todos os animais tem personalidade diferente,nem todo gato é "antipático" e nem todo cachorro é um amigão.

    ResponderExcluir
  6. Na minha casa sempre teve gatos, mas a 4 anos ganhei uma que essa é só minha. Minha mãe diz que é tão mãe tal filha, ou seja somos igualzinhas na personalidade. rssss. Eu não vivo sem ela. tb trato de alguns que sempre aparece na porta da minha casa. Acho que eles sabem que aqui ninguém vai fazer mal a eles..... Fico muito chateada quando ouço falar de preconceito contra esses bichinhos . Espero que um dia todos os animais possam viver em paz.

    ResponderExcluir
  7. Como criadora de gatos durante toda vida, me senti muito contemplada neste texto. Minha gata tem 13 anos e quando me perguntam se vou ter outro gato quando ela morrer, primeiramente eu penso que dona Kelly Cristina não vai morrer nunca (pois a velhinha já enterrou muita gente) depois respondo que sim. Quem cria gatos sabe como uma casa fica sem graça sem pelo menos uma dessas bolas de pelos com pés. Gatos são amigos,companheiros e o objeto de decoração mais lindo que a natureza já forneceu. Tá...eu amo gatos...hehehe. ..

    ResponderExcluir
  8. Carla Santos27/06/15 11:02

    Melhor post do universo "ricotístico"! Rsrsrs... Gatinhos são puro <3 ! Sem meus felinos minha vida seria incompleta e mto sem graça.

    ResponderExcluir
  9. Posso curtir esse post mil vezes? <3 Eu morro de vontade de ter gatos (quando puder vou ter pelo menos dois), mas aqui em casa sou a única que gosta e como moro com meus pais tenho que respeitar a vontade deles de não querer ter. :/ Acho gatinhos muito fofos e incompreendidos, espero poder ter muitos e provar pras pessoas que tudo que elas ouviram sobre os gatos são coisas absurdas e que eles podem sim ser os bichinhos mais fofos ever.

    ResponderExcluir
  10. Concordo com você em número, gênero e grau.
    Já tive alguns gatos e cada um com sua personalidade.
    Tenho também dois cachorros que se dão super bem com minha gata.
    Todos adotados.

    ResponderExcluir
  11. Uma vida sem gatos não tem graça nenhuma! Tenho uma conexão profunda com esses seres <3

    ResponderExcluir
  12. Suelen Nastri29/06/15 19:25

    Guarda-roupa e gavetas, vc abre e 2 segundos depois aparece um gato dentro =)

    ResponderExcluir
  13. Dani, pergunta de uma leiga em tecnologias! Como coloca a imagem do instagram assim no post? Amei muito! Beijoos

    ResponderExcluir
  14. Dani, pergunta de uma leiga em tecnologias! Como coloca a imagem do instagram assim no post? Amei muito! Beijoos

    ResponderExcluir
  15. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  16. Dani, que post maravilhoso. Tão maravilhoso que eu não pude resistir e tive q vir comentar, mesmo depois de ver que essa postagem já tem um tempinho. Eu morria de medo de gatos, pra justificar o medo dos arranhões mentia falando que não poderia cuidar de gato pois tenho rinite. Mas meu marido, não demorou mto depois que casamos, tratou de adotar uma gatinha assim mesmo... e foi o melhor presente que ganhei na vida. Maya me traz tanta felicidade, que passo o dia pensando nela. Achava tudo isso de gato: nao gostava de humanos, não tinha graça e bla bla bla. Quebrei a cara legal e me derreto toda por cada vez que minha pequena se derrama no chão só pra ganhar carinho. No começo qnd ela queria subir na cama, morria de medo (de novo dos arranhões e mordidas), mas dae, hoje, adoro dormir sentindo o calorzinho dela por perto... e acho que a recíproca é mais que verdadeira. Descobri o amor tão simples e bonito... já nãos sei viver sem minha 4 patas amarelinha! ^^ O medo agora é de não tê-la por perto (que ela viva 100 anos ou mais XD) ... hehehe Aaaah... e sobre a Rinite, acho que a Maya me curou, pois só no comecinho senti alguma coisa, hoje não dou um espirrinho perto dela! <3

    ResponderExcluir